Avançar para o conteúdo principal

A viagem da Humildade

Conta-se que a Humildade resolveu fazer uma viagem, para abençoar o povo que vivia em uma terra distante e muito pobre. Não havia entre aquela gente, ninguém abençoado; o povo vivia na mais completa miséria, sem rei e sem rainha.

O caminho para aquela cidade era bastante longo e árduo, cheio de pedras e, ainda por cima, havia um rio muito caudaloso para atravessar. Por isso, a Humildade procurou um barco para transportá-la.
O primeiro barco que encontrou era bonito e grande. Não ficava a dever aos mais famosos iates dos quais se tem notícia, e que navegam, como se costuma dizer, “pelos sete mares”. Tinha imensas velas, suas ferragens eram cobertas de ouro e a madeira do seu casco era a mais nobre que havia.

Assim que a Humildade lhe pediu ajuda, o barco se dispôs a colaborar, porém o pagamento que exigiu foi altíssimo: queria que a Humildade lhe desse glória e admiração, por sua beleza e força. Ela não tinha como pagar o preço desejado por aquele barco e, assim, outro passageiro o alugou e partiu com ele em viagem.

A Humildade então achou outra embarcação. Era também muito bela, pronta para cruzar aquelas águas, pois tinha um motor de grande potência. Queria, porém, um pagamento em ouro e prata, cujo valor era incontável. Enquanto a Humildade se espantava com o preço, outro passageiro apressado lançou sobre o seu convés um baú cheio de ouro, e lá se foram a navegar pelas águas.

O terceiro barco que a Humildade encontrou não era lá tão formoso quanto o primeiro, nem tinha a força do segundo. Entretanto, quando soube da importância de sua missão, transformar a vida dos miseráveis, o barquinho começou a se mover e, todo alegre, levou-a para a outra margem do rio, vencendo a distância e a força da correnteza.

Do outro lado, o povo esperava a chegada da Humildade para abençoá-lo. Quando os barcos chegaram, a maioria correu para o primeiro, atraída por sua beleza. O passageiro que encontraram lá, no entanto, era o Orgulho, e quem o recebeu acabou amaldiçoado.

Outro grande grupo correu para o segundo barco, atraído pelo barulho daquele motor forte e pelo ouro que reluzia no seu convés. O passageiro que estava lá, triste desilusão, era o Amor ao Dinheiro e, assim, quem para lá correu se tornou ainda mais miserável.

Somente algumas poucas pessoas viram no terceiro barquinho algo mais forte que a beleza do primeiro e a força do segundo. Correram ao seu encontro e, que maravilha, encontraram a Humildade e se tornaram muito felizes. Foram todas honradas.

A maior virtude ensinada pelas Sagradas Escrituras é a humildade; ela sempre precede a honra. O Senhor Jesus nos garantiu que aquele que se humilha a si mesmo herdará o Reino de Deus e será exaltado.
Israel esperou vários reis e ainda espera o Messias. O Senhor Jesus, nosso Salvador, veio montado em um jumentinho. Ele era o Rei que oferecia a outra face aos seus inimigos, atendia aos pobres, comia com os pecadores e não lutou pela glória deste mundo.

Os judeus esperavam um Rei que lutasse contra o domínio romano e lhes devolvesse a glória dos tempos de Davi. Por isso não O aceitaram.
O Senhor Jesus é a Humildade; nós, cristãos, somos os barquinhos. Se O levarmos às pessoas, os que sofrem serão abençoados

Trecho do livro "Histórias de sabedoria e humildade", do Bispo Marcelo Crivella.

Comentários

Populares

Café da Manhã ou Lanche da Tarde

Quem gosta de um ovo frito? Aqui estão algumas dicas divertidas de prepará-lo. E um lanchinho gostoso e criativo, você pode acompanhar com refrescos, café, chocolate, batidos, chá e aproveite para reunir a família e amigos ...

Quem não gosta de sentar a mesa para comer e ver essas coisas apetecíveis, é de deixar água na boca, aproveite essas ideias e melhore a apresentação e o sabor dos seus lanches...

Agora é só fazer, mãos a obra...

3 - Não é visto, mas é Amado

“Não havendo visto a Jesus, vós o amais” 1 PEDRO 01:08
- Mamãe, como é Jesus? De que jeito é o Seu rosto? – perguntou Luísa. Sua tia lhe havia dado um quadro de Jesus no seu aniversário e não era nada parecido com os outros quadros de Jesus que ela conhecia. Foi por isso que ela perguntou: - Como é Jesus? A mãe não pode dizer. - Não sei, benzinho. Ninguém sabe – respondeu ela. Quando Ele viveu aqui no mundo, ninguém fez um retrato dEle. Os quadros que temos são pintados por artistas que imaginaram como Ele devia ter sido. - Quer dizer – disse Luísa, - que todos os quadros de Jesus são faz-de-conta? - É sim – disse a mãe. - É o que podemos ter. Ninguém sabe mesmo qual foi a aparência dEle. Você acha que ainda pode amá-lO sem conhecer o Seu retrato? – perguntou sorrindo. - É claro que sim – disse Luísa. – Eu O amo sem saber como Ele é. Mas eu queria saber. - Você me faz lembrar de um versículo da Bíblia – disse a mamãe. – É assim “Não havendo visto a Jesus, vós o amais”. Foi o que Pedro escreveu…

Corajosos - A Resolução

Como policiais: Adam, Shane, Nathan e David enfrentam bravamente gangues violentas e o tráfico de drogas na cidade de Albany. No entanto, o maior desafio de sua vida não está nas ruas, mas dentro de casa. A relação de cada um desses homens com a esposa e os filhos está ruindo, mas nenhum deles faz nada para resolver a situação. Apenas quando uma tragédia se abate sobre Adam é que eles percebem que precisam mudar seu comportamento e reconquistar a confiança de suas famílias. Com a fé abalada, Adam começa a estudar a Bíblia para descobrir o que Deus espera dele como pai e o que deve fazer para se tornar uma pessoa melhor. Assim, descobre nas palavras de Jesus a sua verdadeira missão: deixar um legado positivo para seu filho e ajudar outros pais a colocar a família em primeiro lugar.Tocado por esse aprendizado, Adam inspira seus amigos a assinar um documento comprometendo-se a ser pais e maridos mais presentes. A "Resolução" acaba tomando uma proporção maior do que o imaginado …

10 Atitudes que podem mudar o seu Dia

Uma auxiliadora Idônea

Como Auxiliadora do homem, a mulher tornou-se sua parceira na vida e na tarefa de obediência a Deus, ela exerce uma função muito digna e ganha valor ao assumir com humildade a postura de auxiliadora idônea. Ela tem o papel importante de gerar filhos e é a amiga confidente do seu marido que lhe proporciona companheirismo e conforto, ninguém consegue encorajar e inspirar mais do que ela. A mulher não é superior e nem inferior, ela é diferente e única, foi criada da costela do homem pelas mãos de Deus com o propósito de ser sua auxiliadora e estar ao lado dele por toda a sua vida, através de uma união feliz e duradoura
Deus disse que não era bom que o homem estivesse só; e lhe fez uma Auxiliadora Idônea. Gn 2.18.

Para  ter um Casamento feliz, todas as mulheres precisam exercer o seu papel de auxiliadora. O termo auxiliadora representa: Respeitar, Ajudar, Acrescentar, Acudir, Socorrer, Proteger e Facilitar. E Idônea significa uma pessoa adequada e capacitada para realizar determinada tarefa,…

Espírito Excelente

Daniel se distinguiu dentre presidentes e sátrapas, porque nele havia um espírito excelente; e o rei pensava em estabelece-lo sobre todo o reino. Dn 06.03
Ele se distinguiu porque temia a Deus, sua prioridade era agradar e obedecer ao seu Senhor, o Espírito Santo habitava nele, mas o próprio espírito de Daniel era excelente e o fazia ser diferente e melhor em tudo dos demais.
O teu espírito é visto quando você coloca excelência em tudo o que faz para glorificar à Deus diante dos homens, servindo da melhor maneira a Deus e aqueles que estão ao seu redor. A fidelidade a Deus e a dedicação em fazer o melhor em absolutamente tudo, sem deixar espaço para acusação dos invejosos, é responsabilidade sua.
Qual o significado da palavra excelente e quais as suas qualidades? Isso é muito importante para quem quer ter o espírito excelente, praticar o que se aprende para que a sua vida nunca mais seja a mesma. Significado de Excelente  Que possuí ou demonstra ótima qualidade; característica ou particular…

Perfeito Sacrifício

O Salmos 22 foi cumprido pelo Senhor Jesus na cruz do calvário, o seu sofrimento é descrito através destas palavras profundas que ecoam pelo tempo; mais vivas do que nunca, é como se ainda pudéssemos ouvir o seu clamor... O Filho de Deus foi obediente até a morte, para que através do Seu Perfeito Sacrifício , aquele que crer Nele seja salvo. Durante o período de crucificação houve escuridão sobre a terra e a humanidade não sabe completamente tudo o que se passou na cruz, por isso esse salmos está relacionado ao sofrimento e vitória do nosso Senhor sobre todo o poder do diabo. E Jesus clamando com grande voz, entregou o seu espírito, cumprindo a sua Missão... O véu do santuário se rasgou, a terra tremeu, sepulcros foram abertos e corpos de santos foram ressuscitados; o centurião e os guardas vendo tudo o que se passava, ficaram possuídos de grande temor e exclamaram: Verdadeiramente este era Filho de Deus. Mt. 27. 45 - 54
01 Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Por que se acham l…

A fé que vem de Deus

A fé que está fundamentada na Palavra de Deus, não é superficial ou momentânea, mas profunda, forte e convicta porque combina com os propósitos de Deus.
A vontade de Deus é sempre a melhor para nós, muitas vezes achamos que aquilo que queremos ou pensamos é o correto e ficamos insistindo, como se os olhos estivessem fechados, sem querer enxergar; mas se não estiver de acordo com a vontade de Deus, não irá se realizar e o diabo se aproveita disso e vem com as as suas sugestões que mexem com o ego do ser humano, mas só enganam, iludem, são cheias de mentiras e o resultado será o fracasso, tristeza e perdição.

A fé vem pelo ouvir e ouvir a Palavra de Deus (ouvir, crer e praticar)... Até quando o ser humano irá aceitar a situação lamentável em que está a viver, não transpondo os seus próprios limites e dando o seu grito de revolta... A falta de fé tem levado muitos a uma vida de humilhação, derrotas, desespero, fracassos constantes e os problemas tem regado a vida arrastando-os como uma cor…

A Riqueza da Fé

Quando se fala em riquezas, podemos imaginar mansões, carros luxuosos, jatos particulares, jóias, roupas e sapatos de grandes marcas, viagens pelo mundo e etc... afinal tudo isso faz parte de um alto padrão de vida Mas a riqueza da fé é completamente diferente, não é da forma como o mundo a julga, superficial, usada só em alguns momentos, pouco se fala nela, mas todos dizem que a possuem.
A fé é profundamente forte e poucos a exercem. Vamos ver a descrição da palavra Fé: É a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que ainda não vemos. 

Sem fé é impossível agradar a Deus; porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam
Aos olhos humanos isso parece loucura, como vou esperar com convicção alguma coisa que não existe, que não sei aonde está e que não vejo... Não basta ter fé em Deus, é preciso agir esta fé, a ação da fé é que produz o resultado.
A Fé não se explica, ela simplesmente acontece, brota de de…

Sexta Carta: Igreja em Filadélfia

As características desta Igreja mostram a sua grandeza diante do Senhor; pois não há nenhuma censura com ela, senão só elogios. Apesar da Igreja em Filadélfia estar próxima daqueles que estavam espiritualmente mortos; ela se conservou viva e pura diante do Senhor. Esta Igreja pode representar os cristãos que mesmo devido a sua condição de fraqueza, ainda assim apresentam obras para Deus; porque não importa se a sua força é pequena ou grande, como o Senhor Jesus disse a esta Igreja, que ela tinha pouca força, entretanto guardou a Palavra e o Nome do Senhor, pois isto jamais influenciará na condição de se poder conquistar, desde que se mantenha o firme propósito de praticar a Palavra de Deus. Os seus trabalhos na Obra de Deus quase nunca aparecem diante dos demais; todavia, a sua fidelidade na obediência a Palavra de Deus fazem deles uma Igreja imaculada e irrepreensível perante o seu Senhor. Na carta a Igreja em Filadélfia o Senhor Jesus se revela como Santo e Verdadeiro... Santo signifi…