Avançar para o conteúdo principal

A história da Capulana



De norte a sul de Moçambique não há mulher que não use a capulana para se vestir, para limpar e embrulhar as crianças e as amarrar às costas, é também usa-las como toalha, cortina, almofadas. Ou na mudança de casa e em viagem, como embrulho da trouxa. A capulana não é para uso exclusivo das camponesas, como se possa pensar, as mulheres urbanas usam-na em certas cerimónias familiares e sobretudo com cores vibrantes. Mulheres e raparigas cobertas com estes panos coloridos dão vida e cor às estradas de terra que cortam a paisagem monótona da savana ou às ruas e mercados das cidades africanas.



A origem da Capulana
As mulheres começaram a comprar lenços de tecido de algodão estampados e coloridos, trazidos pelos mercadores portugueses do Oriente.
Em vez de comprar um a um, mandavam cortar seis quadrados de uma vez, dividiam este pano ao meio e coziam o lado mais comprido fazendo uma "capulana". 
Depois era só envolver o corpo, amarrar com estilo e a moda impunha-se à medida que cada vez mais mulheres faziam o mesmo. Claro que os comerciantes não tardaram em encomendar mais aos fabricantes na Índia, não apenas "lenços" mas panos com a largura e o comprimento que as mulheres pretendiam. Nos nossos dias os motivos são cada vez mais ao gosto africano.


A capulana é mulher, é vida, elas são cheias de histórias para recordar…
Guardadas nos baús, as capulanas são o símbolo da riqueza que uma mulher possui. Foram-lhe oferecidas pelo homem que as cortejou, o marido que as amou, o filho quando regressou das minas do Transvaal, o genro que lhe quer a filha. A dona não as usa, guarda-as, entesoura-as. Só uma ocasião muito especial as fará sair à luz do dia. E quando a dona morrer elas passarão como herança para as descendentes suficientemente afortunadas para serem contempladas com elas. 
Mas a avó, em dia de boa disposição, pode chamar a neta para lhe mostrar as capulanas guardadas e falar-lhe do passado. A capulana, aqui, é documento histórico que conta os acontecimentos passados.. Cada capulana "fala" desse acontecimento social ou histórico. A avó certamente não tem toda a história passada no seu baú, mas tem capulanas bastantes para relembrar à neta coisas antigas de que elas são os "documentos". A chegada de uma nova geração trouxe as capulana às lojas e o comerciante apressa-se a apresentar o novo padrão às primeiras clientes. São oferecidas como presente a mãe, filhas e noras, amigas ou vizinhas. Note-se que nem sempre a capulana se refere a um acontecimento histórico ou de âmbito social à escala nacional. Hoje em dia elas fazem parta da vida da mulher e são usadas das mais diversas formas possíveis, inclusive já estão presentes na alta costura.

As capulanas também são usadas em rituais e cerimónias, a viúva usa uma capulana sobre a cabeça e o rosto para "cobrir o choro" e também é usada como coberta nupcial. . As capulanas em apenas duas ou três cores, por exemplo azul escuro como cor de fundo, com motivos pequenos e delicados em branco, estiveram muito em voga nos anos 60 e estão a regressar. As mulheres usam várias capulanas sobrepostas e lenços ou outras capulanas na cabeça, artisticamente armados em toucado, com cores e padrões perfeitamente combinados. Nas cidades costeiras e na Ilha, brincos e colares de prata, arte dos joalheiros locais, são complemento que empresta luxo e opulência às capulanas de algodão, estampadas ou tecidas, além de outros acessórios feito de capulanas como: sapatos, bolsas, braceletes, enfeites para cabelo e tantos artesanato que embelezam a mulher com o seu colorido único e alegre.


Texto extraído do livro Capulanas & Lenços, publicado pela Missang



Comentários

Populares

Café da Manhã ou Lanche da Tarde

Quem gosta de um ovo frito? Aqui estão algumas dicas divertidas de prepará-lo. E um lanchinho gostoso e criativo, você pode acompanhar com refrescos, café, chocolate, batidos, chá e aproveite para reunir a família e amigos ...

Quem não gosta de sentar a mesa para comer e ver essas coisas apetecíveis, é de deixar água na boca, aproveite essas ideias e melhore a apresentação e o sabor dos seus lanches...

Agora é só fazer, mãos a obra...

3 - Não é visto, mas é Amado

“Não havendo visto a Jesus, vós o amais” 1 PEDRO 01:08
- Mamãe, como é Jesus? De que jeito é o Seu rosto? – perguntou Luísa. Sua tia lhe havia dado um quadro de Jesus no seu aniversário e não era nada parecido com os outros quadros de Jesus que ela conhecia. Foi por isso que ela perguntou: - Como é Jesus? A mãe não pode dizer. - Não sei, benzinho. Ninguém sabe – respondeu ela. Quando Ele viveu aqui no mundo, ninguém fez um retrato dEle. Os quadros que temos são pintados por artistas que imaginaram como Ele devia ter sido. - Quer dizer – disse Luísa, - que todos os quadros de Jesus são faz-de-conta? - É sim – disse a mãe. - É o que podemos ter. Ninguém sabe mesmo qual foi a aparência dEle. Você acha que ainda pode amá-lO sem conhecer o Seu retrato? – perguntou sorrindo. - É claro que sim – disse Luísa. – Eu O amo sem saber como Ele é. Mas eu queria saber. - Você me faz lembrar de um versículo da Bíblia – disse a mamãe. – É assim “Não havendo visto a Jesus, vós o amais”. Foi o que Pedro escreveu…

Corajosos - A Resolução

Como policiais: Adam, Shane, Nathan e David enfrentam bravamente gangues violentas e o tráfico de drogas na cidade de Albany. No entanto, o maior desafio de sua vida não está nas ruas, mas dentro de casa. A relação de cada um desses homens com a esposa e os filhos está ruindo, mas nenhum deles faz nada para resolver a situação. Apenas quando uma tragédia se abate sobre Adam é que eles percebem que precisam mudar seu comportamento e reconquistar a confiança de suas famílias. Com a fé abalada, Adam começa a estudar a Bíblia para descobrir o que Deus espera dele como pai e o que deve fazer para se tornar uma pessoa melhor. Assim, descobre nas palavras de Jesus a sua verdadeira missão: deixar um legado positivo para seu filho e ajudar outros pais a colocar a família em primeiro lugar.Tocado por esse aprendizado, Adam inspira seus amigos a assinar um documento comprometendo-se a ser pais e maridos mais presentes. A "Resolução" acaba tomando uma proporção maior do que o imaginado …

10 Atitudes que podem mudar o seu Dia

Uma auxiliadora Idônea

Como Auxiliadora do homem, a mulher tornou-se sua parceira na vida e na tarefa de obediência a Deus, ela exerce uma função muito digna e ganha valor ao assumir com humildade a postura de auxiliadora idônea. Ela tem o papel importante de gerar filhos e é a amiga confidente do seu marido que lhe proporciona companheirismo e conforto, ninguém consegue encorajar e inspirar mais do que ela. A mulher não é superior e nem inferior, ela é diferente e única, foi criada da costela do homem pelas mãos de Deus com o propósito de ser sua auxiliadora e estar ao lado dele por toda a sua vida, através de uma união feliz e duradoura
Deus disse que não era bom que o homem estivesse só; e lhe fez uma Auxiliadora Idônea. Gn 2.18.

Para  ter um Casamento feliz, todas as mulheres precisam exercer o seu papel de auxiliadora. O termo auxiliadora representa: Respeitar, Ajudar, Acrescentar, Acudir, Socorrer, Proteger e Facilitar. E Idônea significa uma pessoa adequada e capacitada para realizar determinada tarefa,…

Espírito Excelente

Daniel se distinguiu dentre presidentes e sátrapas, porque nele havia um espírito excelente; e o rei pensava em estabelece-lo sobre todo o reino. Dn 06.03
Ele se distinguiu porque temia a Deus, sua prioridade era agradar e obedecer ao seu Senhor, o Espírito Santo habitava nele, mas o próprio espírito de Daniel era excelente e o fazia ser diferente e melhor em tudo dos demais.
O teu espírito é visto quando você coloca excelência em tudo o que faz para glorificar à Deus diante dos homens, servindo da melhor maneira a Deus e aqueles que estão ao seu redor. A fidelidade a Deus e a dedicação em fazer o melhor em absolutamente tudo, sem deixar espaço para acusação dos invejosos, é responsabilidade sua.
Qual o significado da palavra excelente e quais as suas qualidades? Isso é muito importante para quem quer ter o espírito excelente, praticar o que se aprende para que a sua vida nunca mais seja a mesma. Significado de Excelente  Que possuí ou demonstra ótima qualidade; característica ou particular…

Perfeito Sacrifício

O Salmos 22 foi cumprido pelo Senhor Jesus na cruz do calvário, o seu sofrimento é descrito através destas palavras profundas que ecoam pelo tempo; mais vivas do que nunca, é como se ainda pudéssemos ouvir o seu clamor... O Filho de Deus foi obediente até a morte, para que através do Seu Perfeito Sacrifício , aquele que crer Nele seja salvo. Durante o período de crucificação houve escuridão sobre a terra e a humanidade não sabe completamente tudo o que se passou na cruz, por isso esse salmos está relacionado ao sofrimento e vitória do nosso Senhor sobre todo o poder do diabo. E Jesus clamando com grande voz, entregou o seu espírito, cumprindo a sua Missão... O véu do santuário se rasgou, a terra tremeu, sepulcros foram abertos e corpos de santos foram ressuscitados; o centurião e os guardas vendo tudo o que se passava, ficaram possuídos de grande temor e exclamaram: Verdadeiramente este era Filho de Deus. Mt. 27. 45 - 54
01 Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Por que se acham l…

Como usar Lenço - Echarpe - Cachecol e Pashmina

Com esse friozinho, nada melhor que usar um lenço ou pashmina pra dar uma graça ao visual e uma esquentadinha... Segue abaixo dicas super útil pra variar um pouco a maneira de usá-las. Nessa época de outono/inverno os lenços, echarpes e pashminas aparecem com força porque realça o look e aquecem com elegância. Eles podem ser usados no verão também, feitos de tecidos leves, mas é no inverno que a gente usa com mais gosto! 
+ Opções de uso: Lenço, Echarpe e Pashmina








Outra coisa bastante interessante para esclarecer são as diferenças entre: 

Lenço, Echarpe e Pashmina

(Normalmente as pessoas chamam tudo de lenço. Qualquer coisa amarrada no 

pescoço é lenço ou quando é de lã, cachecol. Só que não é bem assim! Para

 cada formato, um nome.

Sexta Carta: Igreja em Filadélfia

As características desta Igreja mostram a sua grandeza diante do Senhor; pois não há nenhuma censura com ela, senão só elogios. Apesar da Igreja em Filadélfia estar próxima daqueles que estavam espiritualmente mortos; ela se conservou viva e pura diante do Senhor. Esta Igreja pode representar os cristãos que mesmo devido a sua condição de fraqueza, ainda assim apresentam obras para Deus; porque não importa se a sua força é pequena ou grande, como o Senhor Jesus disse a esta Igreja, que ela tinha pouca força, entretanto guardou a Palavra e o Nome do Senhor, pois isto jamais influenciará na condição de se poder conquistar, desde que se mantenha o firme propósito de praticar a Palavra de Deus. Os seus trabalhos na Obra de Deus quase nunca aparecem diante dos demais; todavia, a sua fidelidade na obediência a Palavra de Deus fazem deles uma Igreja imaculada e irrepreensível perante o seu Senhor. Na carta a Igreja em Filadélfia o Senhor Jesus se revela como Santo e Verdadeiro... Santo signifi…

Os 300 de Gideão

Deus disse a Gideão que era demais o numero de homens que estava com ele, porque no momento em que Deus entregasse os midianitas em suas mãos, eles poderiam dizer que as suas próprias mãos os tinham libertados e não a Mão de Deus. A voz de Gideão foi direta ao coração: Quem é tímido e medroso, volte-se e retira-se da região montanhosa... Voltaram vinte e dois mil, ficando dez mil com Gideão. E Deus falou que ainda era povo demais e os mandou descer ás águas da fonte de Harode (conhecida como a fonte de Gideão em Israel) para prova-los e separa-los. O numero dos que beberam água levando a mão a boca foram 300 e todo o restante se abaixou de joelhos a beber. E foi quando Deus deu a ordem que somente os 300 iriam com Gideão a peleja contra os midianitas. Naquela mesma noite eles rodearam o arraial dos midianitas, dos amalequitas e de todos os povos do oriente que cobriam o vale como gafanhotos em multidão. Então Gideão repartiu os 300 homens em 3 companhias e deu-lhes a cada um nas suas mãos…